Para que servem os Estudos Económicos?

Publicado em

Vivemos numa conjuntura de relativo otimismo, na era das start-ups, dos unicórnios e do lançamento de empresas, produtos e soluções. É o mundo da transformação digital, em que tudo passa por apps, por sistemas em rede, na cloud e outras tendências da nova economia, a denominada economia colaborativa. No entanto, nem todas as ideias são boas ideias. É para separar as boas das menos boas que existem os estudos económicos.

Existem vários tipos de estudos económicos, dependendo do seu objetivo e âmbito. O objetivo final, no entanto, é sempre saber da viabilidade de determinada ideia ou projeto, procurando limitar o risco do investidor ou empreendedor.

 

Tipos de estudos económicos

  • Viabilidade económica – pode ter uma ideia que considera excelente, extremamente inovadora e muito original, mas o mercado pode não estar, de momento, preparado para comprar o produto, serviço ou solução fomentado pelo seu projeto. Os estudos económicos de viabilidade financeira permitem saber se uma ideia ou projeto tem ou não probabilidades de ser um sucesso no mercado.

 

  • Projetos IEFP – atualmente, muitas empresas recorrem a projetos do IEFP para recrutar candidatos para os seus quadros. Os mais conhecidos são os estágios profissionais, mas existem diversos outros, como a criação do próprio emprego. Para saber se a sua empresa é elegível para este tipo de projetos, é essencial a realização de estudos económicos.

 

  • Projetos de investimento – existem diversos outros apoios a novos projetos empresariais, sobretudo de start-ups. Estes programas vão desde fundos comunitários a programas co-apoiados entre entidades públicas, business angels, entidades financeiras e outros instrumentos de crédito. Para ter acesso a estes instrumentos são efetuados estudos económicos, que servem para provar o potencial de sucesso de cada ideia ou projeto.

 

Reduzir o risco ao mínimo

Atualmente, ninguém investe sem o mínimo de segurança, por isso, é essencial comprovar que uma ideia ou projeto está destinado ou, pelo menos, tem boas probabilidades de sucesso. Os estudos económicos são os instrumentos que ajudam a definir essas probabilidades, revelando-se de extrema utilidade, quer para quem investe, quer para a segurança dos próprios empreendedores.

 

Para saber mais sobre estudos económicos ou candidatar-se a algum projeto do IEFP ou projeto de investimento, fale connosco!

Tags: , , ,


Quem leu este artigo também leu

Importância de ter um contabilista a ajudá-lo no inicio de atividade

inicio de atividade
Saber Mais
KPI’s Financeiros – Faça a sua empresa crescer

Saber Mais
Como fazer corretamente um Estudo de Viabilidade?

Saber Mais